Julio Shimamoto é o homenageado do Artists’ Alley na CCXP19

0
13

 

Não é só o Batman que está completando 80 anos em 2019. O desenhista e roteirista brasileiro Julio Yoshinobu Shimamoto, mais conhecido como Shima, também celebra seu 80º aniversário este ano. Por isso, o artista será o grande homenageado do Artists’ Alley, assinando o pôster e a credencial do espaço dedicado aos quadrinistas, além de participar de painéis que serão divulgados em breve. Shima marcará presença todos os dias do festival e estará acompanhando por Márcio Jr., coautor da graphic novel “Cidade de Sangue” (2018) – outro nome de peso confirmado para a 6ª edição da CCXP.

 

Foto: Márcia Yumi

 

Representante de uma geração de grandes nomes dos quadrinhos de terror, Shima desenvolveu sua paixão pelas artes plásticas durante a infância, desenhando com gravetos no sítio do pai em Borborema, no interior de São Paulo. Ainda na juventude, tornou-se desenhista no Departamento Promocional da multinacional “Sears, Roebuck & Co.” (Lojas Sears) e, desde então, nunca mais abandonou os pincéis. Com seu traço denso, passou por praticamente todas as editoras e publicações do país: La Selva, Taika, Outubro, Ebal, Noblet, Folha de São Paulo, Ática, Editora do Brasil, Cooperativa Editora e de Trabalho de Porto Alegre, Vecchi, Grafipar, Abril, D-Arte, Press, Maciota, Record, Globo, Bloch, Via Lettera, Devir, Marco Zero, Novo Mundo, Escala, Nova Sampa e Opera Graphica. Entre suas obras mais aclamadas estão Musashi I e II (2003) e Subs (2006).

 

Aos 80 anos, Shima segue na ativa, envolvido em projetos autorais e produzindo quadrinhos experimentais. Recentemente, desenvolveu uma técnica na qual aplica uma camada de tinta sobre uma peça de cerâmica para depois desgastá-la utilizando objetos pontiagudos. As imagens surgem em negativo, em uma nova versão do estilo claro-escuro, técnica consagrada no Renascimento por artistas como Caravaggio. A partir do negativo, passa a escanear e xerocar estas imagens, para depois montar as páginas das histórias por meio de colagens. E foi justamente com essa técnica inovadora que ilustrou “Cidade de Sangue”, com texto de Márcio Jr, agitador cultural goiano cuja versatilidade abrange incursões pela música, cinema, escrita e, claro, HQs.

 

A CCXP19 já confirmou quadrinistas brasileiros consagrados como Mike Deodato Jr., Laerte, Germana Viana, Rebeca Prado, Ju Loyola, André Dahmer, Robson Rocha, Jun Sugiyama e Alexandre Carvalho. Entre os nomes internacionais estão Neal Adams, Joëlle Jones, Frank Quitely, Eduardo Risso e Charlie Adlard, entre outros. O Artists’ Alley da CCXP é um dos maiores do mundo e o maior do Hemisfério Sul.

 

Para conhecer a lista completa de artistas basta acessar: https://www.ccxp.com.br/artists-alley.

 

Ingressos CCXP 

 

3º lote – de 1º de agosto até 4 de dezembro    

Quinta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).
Sexta-feira: (ESGOTADO)
Sábado: (ESGOTADO)
Domingo: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).
4 dias: (ESGOTADO)
Epic: R$ 1.500,00
Full: (ESGOTADO)
Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 2.000,00

 

CCXP19

 

Datas: de 5 a 8 de dezembro de 2019
Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)

 

Sobre a CCXP

 

Em 2018, o festival recebeu 262 mil visitantes, batendo recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do mundo. A CCXP já faz parte do calendário cultural do país e este ano acontecerá entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Saiba mais em www.ccxp.com.br