Os 10 MELHORES JOGOS que EU JOGUEI em 2023. Confira!

0
553

 

O ano está acabando e estava pensando aqui na quantidade de jogos legais que joguei em 2023. Fazer uma lista com somente 10 jogos foi difícil, pois tive que deixar muitos títulos de fora…

 

 

Mas pensando bem e analisando cada ponto, fiz uma lista com os 10 MELHORES JOGOS QUE EU JOGUEI EM 2023. Lembrando que não necessariamente são jogos lançados neste ano ou que estejam nas listas dos melhores por aí, mas são os que mais me divertiram (pessoalmente). Confira mais abaixo!

 

10 – Haunted House

 

Em outubro deste ano, em meio a correria com a nossa cobertura da Brasil Game Show 2023, tive acesso a Haunted House, um jogo distribuído pela Atari, mas desenvolvido pela brasileira Orbit Studio.

 

 

Em Haunted House, os jogadores assumem o controle de Lyn Graves, a precoce sobrinha do lendário caçador de tesouros Zachary Graves. Lyn visita a mansão de seu tio com seus companheiros mais próximos, apenas para encontrar a casa infestada de fantasmas e monstros que rapidamente agarram e levam embora seus amigos. Para libertar seu tio e seus amigos, e capturar todos os inimigos sobrenaturais, Lyn deve encontrar os pedaços quebrados de uma urna mágica e juntá-los para conter os poltergeists problemáticos. O jogo está repleto de easter eggs baseados no Haunted House original e em outros clássicos favoritos da era dourada da Atari.

 

No review que fizemos, demos nota 9.4/10, muito por sua dinâmica de gameplay moderna, mas que consegue trazer um pouco do clássico através de seus belos gráficos e história divertida e cheia de referências com bom humor.

 

9 – Fitness Boxing: Fist of the North Star

 

Quando comecei a fazer gameplays para o Nerdlicious, era bem tímido e quase me escondia atrás da câmera, mas aos poucos fui me soltando. Porém, nunca pensei que teria que fazer um vídeo onde simulo lutar boxe… e mais… com personagens de anime!

 

 

Fitness Boxing Fist of the North Star é o terceiro título da franquia de jogos de movimento Fitness Boxing. Exclusivo da Nintendo, desta vez traz uma temática diferente, especial para fãs do mangá e anime Fist of the North Star ou Hokuto No Ken para os íntimos. Em Fitness Boxing Fist of the North Star aprimore seus hábitos diários de exercício, fique em forma, e abra a cortina para um corpo novo e lendário! Enquanto retém os recursos básicos de Fitness Boxing, esse novo jogo adiciona personagens e cenários do mundo de Fist of the North Star para exercícios verdadeiramente eficazes!

 

E sim… parti pra dentro deste mundo sem medo de ser feliz e além de uma gameplay onde suei muito, resolvi colocar o jogo em minha rotina diária, o que me ajudou (um pouco) a manter o peso e fazer algum tipo de exercício (afinal, sabe como blogueiro é preguiçoso né?!).

 

8 – Sonic Superstars

 

Talvez o maior erro de Sonic Superstars foi ter sido lançado em um ano cheio de jogos fantásticos como por exemplo Super Mario Bros. Wonder. O novo game do ouriço é super legal, mas em meio a este universo de jogos incríveis que foi o ano de 2023, Sonic ficou um pouco para trás.

 

 

Sonic Superstars até tem alguns problemas técnicos, mas é um ótimo jogo, e trouxe a nostalgia a flor da pele quando resolveu ser um game de plataforma 2D aos moldes dos mais antigos da franquia.

 

Não foi um dos jogos que mais joguei este ano, mas foi sim um dos que mais me diverti, tanto no Modo História, quanto em seu Modo Batalha online, que traz novidades super agradáveis à franquia.

 

7 – God of War Ragnarök: Valhalla

 

E nesta lista vai ter DLC sim! Apesar de God of War Ragnarök não ser um dos meus jogos favoritos da franquia (e está bem longe disso mesmo), a DLC Valhalla, recém lançada, me agradou e muito, não só pela forma que é apresentada, em uma gameplay roguelite, mas claro que a história, mostrando que Kratos ainda não superou muito bem seu passado.

 

 

Aqueles fãs mais nostálgicos de God of War simplesmente amaram a DLC Valhalla justamente por mostrar algumas cenas da primeira trilogia e dar aquela esperança em nossos corações de poder ver algum remake dos primeiros jogos da franquia… será?

 

6 – NARUTO X BORUTO Ultimate Ninja STORM CONNECTIONS

 

Apesar de na briga “O que é melhor? Naruto ou Dragon Ball?” me colocar do lado do anime de Akira Toriyama, e eu ser zoar muito os “naruteiros”, tenho que dar o braço a torcer quando o negócio é bons jogos.

 

 

NARUTO X BORUTO Ultimate Ninja STORM CONNECTIONS simplesmente conseguiu me fazer me divertir com um anime que eu sempre desdenhei. O jogo traz de forma resumida a história do anime todo, mas com uma gameplay fácil, divertida e dinâmica.

 

Fãs da franquia de jogos não curtiram muito, mas acredito que gente assim, como eu, que nunca curtiram Naruto, podem acabar dando uma chance ao anime por conta de NARUTO X BORUTO Ultimate Ninja STORM CONNECTIONS.

 

5 – Hogwarts Legacy

 

Um dos jogos mais injustiçados pela crítica especializada e pelos jurados de premiações de “melhores do ano” por aí, Hogwarts Legacy mostrou que pelo menos O POVO (leia-se “os gamers”) gostou dele!

 

 

Os número não mentem, e mostram que Hogwarts Legacy é sim um dos melhores e mais legais jogos de 2023, e nesta decisão eu me incluo, afinal, Harry Potter é outra franquia que eu nunca gostei muito, mas este jogo conseguiu me encantar com este universo.

 

Os desenvolvedores de Hogwarts Legacy conseguiram trazer um mundo aberto enorme, cheio de missões e que mostram cada ponto importante do universo de Harry Potter, sem ao menos citar ele. O jogo é super divertido, bonito e apesar de haver críticas ferrenhas da mídia à ele, o público continua amando-o.

 

Hogwarts Legacy foi um dos jogos que mais joguei em 2023, tanto no PS4, quanto no PS5 e não poderia faltar nesta lista.

 

4 – WrestleQuest

 

WrestleQuest é um jogo indie desenvolvido e distribuído pela Mega Cat Studios e pela Skybound Entertainment, que chegou como quem não quer nada, mas me pegou pela sua história divertida, personagens carismáticos e mecânicas únicas, transformando um RPG feito em pixel art em algo inovador.

 

 

Em WrestleQuest, os jogadores assumem o papel de um jovem aspirante a wrestler, em sua busca para se tornar um dos grandes de todos os tempos ao utilizar powerbombs, slams, e suplexs seu caminho para o topo. Inspirado por ícones como o lendário “Macho Man” Randy Savage, nosso herói deve se imergir no mundo do wrestling profissional, que não só testará seu atletismo, mas também sua vontade e consciência. Os jogadores evoluirão de um aspirante a novato para campeão mundial ao treinar, aprender, glamorizar, e dar slams para o topo da cadeia alimentar do wrestling profissional, enquanto selecionam os movimentos certos, estilo, provocações e entrada para garantir que eles são únicos. Mas o sucesso no mundo do wrestling requer aliados, então formar o grupo definitivo será vital, enquanto você trabalha em conjunto para esmagar a concorrência e vencer em equipe no caminho para o triunfo.

 

Claro que o que mais chama atenção é seu visual inspirado nos anos 80/90 e o bom humor do game, que faz a gente rir alto em vários momentos.

 

3 – Bob Esponja: The Cosmic Shake

 

Bob Esponja: The Cosmic Shake foi um dos primeiros jogos que terminei em 2023 e até hoje lembro das crises de riso que tive com ele. O jogo é simples, mas transporta os desenhos animados de Bob Esponja para o console como nenhum outro já fez.

 

 

No jogo, um frasco de bolhas de sabão mágico é dado a Bob Esponja e Patrick pela misteriosa cartomante Kassandra, o que poderia dar errado? Eles borbulham muitos desejos e o que parecia uma diversão inofensiva se transforma em uma catástrofe cósmica: o próprio tecido da realidade se desfaz e mundos mágicos de desejos se abrem em todos os lugares! Com muitos dos amigos de Bob Esponja sendo sugados para esses mundos estranhos, sua esponja favorita deve vestir vários trajes cósmicos para viajar para o Mundo dos Desejos e trazer de volta seus amigos para restaurar a Fenda do Biquíni. Mas cuidado, Kassandra pode não ser a mão amiga que diz ser…

 

Bob Esponja: The Cosmic Shake foi um dos jogos que zerei jogando na cama, todos os dias antes de dormir, e isto me fazia bem demais. Portanto, não podia estar de fora desta lista.

 

2 – Super Mario Bros. Wonder 

 

E claro que em um ano esmagador da Nintendo, não podia deixar de falar de Super Mario Bros. Wonder, que além de vencer vários prêmios por aí, também conquistou o meu coração.

 

 

Em Super Mario Bros. Wonder, o benevolente Príncipe Florian convida Mario e seus amigos para o Flower Kingdom – uma terra não tão distante logo além do Mushroom Kingdom. Mas Bowser, o Rei dos Koopas, tem outros planos. Com apenas um toque na misteriosa Flor Maravilha, Bowser se funde com o castelo do Príncipe Florian. Graças ao seu novo poder, o caos se espalha por toda a terra. Agora cabe a Mario e seus amigos deter Bowser e salvar o Flower Kingdom.

 

Super Mario Bros. Wonder foi lançado em outubro de 2023, mas até hoje me divirto e descubro coisas novas nele. O jogo está simplesmente lindo, divertido e cria uma nova fase para os games de plataforma 2D. É a reinvenção deste estilo de jogo que estava meio esquecido nos últimos anos.

 

Mesmo após zerar o jogo, Super Mario Bros. Wonder é daqueles que faz a gente querer revisitar cada fase, seja sozinho ou com amigos, e consegur divertir na mesma intensidade.

 

1 – Like a Dragon Gaiden: The Man Who Erased His Name

 

Está aí o jogo que mais me divertiu (e ainda diverte) neste ano de 2023! Like a Dragon Gaiden: The Man Who Erased His Name não é tão badalado como outros jogos já citados aqui, mas quem jogou sabe do que estou falando.

 

 

Uma vez um lendário yakuza, Kazuma Kiryu forjou sua própria morte e abandonou seu nome para proteger sua família. Agora, ele é lançado em um conflito por uma figura misteriosa que tenta tirá-lo do esconderijo. Esta é a sinopse curta de um jogo que traz muito mais do que imaginaríamos ter.

 

Like a Dragon Gaiden: The Man Who Erased His Name traz uma gameplay incrível, com lutas épicas, história digna de filmes e minigames tão divertidos quanto o jogo principal. Mesmo após zerar o game, ficamos horas e horas jogando os minigames dele, e posso garantir que são vários mesmo, que vão desde pegar bichinhos de pelúcia em máquinas até um karaokê tradicional japonês ou … passar uma tarde num cabaré…

 

Curtiu a minha lista? Qual a sua lista de melhores jogos de 2023? Faça sua listinha e comente ela aqui! Deixe seu LIKE e COMENTE!