Análise da 2º temporada da série ‘The Boys’, disponível no Amazon Prime Video

0
201

 

A 2º temporada de ‘The Boys’ foi lançada aos poucos, mas isto não foi ruim para a série, pelo contrário, gerou mais hype ainda e trouxe mais audiências e assinantes para a Amazon Prime Video.

 

 

No começo do mês passado, quando foram lançados os três primeiros episódios da 2º temporada, já víamos um imenso potencial para a continuação de ‘The Boys’ e isto se consolidou a cada episódio, chegando num final simplesmente fantástico!

 

Este artigo deverá ter alguns spoilers, então caso não queira saber antes de assistir, pare de mimimi e venha ler aqui depois…

 

Havíamos feito em setembro uma análise dos três primeiros episódios da 2º temporada de ‘The Boys’, portanto, neste artigo falaremos sobre o quarto até o oitavo.

 

 

O quarto episódio começa com Hughie (Jack Quaid), Billy (Karl Urban) e os outros buscando informações sobre uma antiga e misteriosa Super chamada Liberdade. Após bater em algumas portas eles descobrem que ela na verdade é a que chamamos hoje em dia de Tempesta (Aya Cash), e então começamos a descobrir a verdade sobre ela….

 

 

Tempesta era esposa de Frederick Vought, cientista nazista que usou o Composto V para criar os primeiros Supers. Isso mesmo! Ela tem 101 anos mas com corpinho de 25! E sim…. ainda é NAZISTA! OMG!

 

E tem mais…. Tempesta era uma das chefes de um prédio super suspeito, onde experimentos com o Composto V eram realizados, afim de criar novos humanos com super poderes, mas desta vez, já adultos. E claro que Hughie e os outros tinham que ir lá e acabar com tudo né? Talvez este episódio tenha sido um dos mais engraçados e bizarros, afinal, não é todo dia que vemos um super-humano com o poder de esticar seu pênis e enforcar outra pessoa com ele né?! Kid Bengala ficou até com inveja desse Super….

 

 

Com o passar dos episódios vemos o lado humano dos Supers e isto é bem legal. Vemos que até o Capitão Pátria tem seu lado humano (do jeito dele, mas tem…). Ele quer se aproximar de seu filho e acaba virando um paizão de família. Junto com sua nova namorada, a maldita Tempesta, eles formam uma família bizarra tentando criar um filho/super. Mas parece que o menino não quer aflorar seu lado Super, o que irrita Capitão Pátria e Tempesta.

 

 

Billy apesar de lutar contra a Vought, continua um grande fdp, pois tudo o que ele mais quer é separar sua ex-esposa de seu filho com o Capitão Pátria (Antony Starr), para enfim viver com ela (mais corno que isto impossível!). Ele firma um acordo com o Stan Edgar (Giancarlo Esposito), chefão da Vought para separar o menino de Capitão Pátria e dar um sumiço nele, para que enfim ele possa ficar com sua ex-esposa. Porém, no final, acaba dando pra trás e salva o menino.

 

O último episódio eu tô aqui me contorcendo para não dar spoilers, mas é difícil demais. O episódio foi maravilhoso, com cenas engraçadas mescladas com muita ação. A cena em que Tempesta leva uma surra da Luz-Estrela (Erin Moriarty), da Rainha Maeve (Dominique McElligott) e da Kimiko (Karen Fukuhara) é demais! Principalmente depois que o Francês (Tomer Capon) comenta: “é… as garotas dão conta…”.

 

 

A morte da Tempesta (ou não, pois vimos como ficou o corpo dela, mas não sabemos se morreu mesmo) foi um momento tenso da série. Finalmente o filho do Capitão Pátria usou seus poderes e aparentemente ele é mais forte que o pai. Por fim, levam o garoto para um local escondido e talvez ele será o ponto de partida da 3º temporada, travando mais uma guerra entre Billy e seus amigos contra o Capitão Pátria.

 

‘The Boys’ continua fantástica e cresce a cada episódio. É difícil não ficar ansioso para ver uma 3º temporada da série…

 

Se você ainda não tá vendo ‘The Boys’, eu super recomendo! Assista abaixo o trailer da 2º temporada de ‘The Boys’, disponível apenas no Amazon Prime Video: