Etapa final da 1ª fase da classificatória da Free Fire Pro League 3 começa neste sábado (14)

0
11

 

Começa neste sábado (14) a última etapa das partidas classificatórias da 1ª fase da Free Fire Pro League 3, campeonato brasileiro de Free Fire, um dos jogos battle royale mobile mais populares do mundo e o mais baixado no Brasil em 2018. Os embates poderão ser assistidos pelo Youtube e Facebook oficiais da Garena.

 

Dos 1728 times inscritos, restaram apenas 144 equipes brasileiras, que foram divididas em 12 grupos para esta etapa. As partidas serão transmitidas neste sábado e domingo (14 e 15 de setembro), a partir das 18h.

Dentre os times já classificados estão Vivo Keyd, RED Kalunga, Warriors Line, Los Grandes, LOUD, INTZ, Lendários, KaBuM! eSports, e paiN Gaming. Esta última contratou o line-up da NewX, campeã da Free Fire Pro League 2, que aconteceu em julho deste ano, em São Paulo.

Neste domingo (15) já serão definidos os 36 times classificados para a 2ª fase das eliminatórias. Nesta etapa, as partidas serão transmitidas nos dias 28 e 29 de setembro, e 5, 6, 19 e 20 de outubro, sempre a partir das 18h, nos canais da Garena no Youtube e Facebook.

A final da Free Fire Pro League 3 acontece no dia 9 de novembro, no Rio Centro, no Rio de Janeiro. Além da premiação total de R$ 35 mil, o torneio ainda garante ao campeão e vice vagas para o Free Fire World Series, o mundial de Free Fire, que acontece no mesmo lugar uma semana depois, em dia 16 de novembro.

Realizado pela primeira vez no Brasil, o mundial tem premiação total de US$ 400 mil (aproximadamente R$ 1,5 milhão).

Free Fire, o jogo de celular mais popular no Brasil, é um sucesso global. O game possui mais de 450 milhões de usuários registrados e mais de 50 milhões de usuários ativos diários, segundo dados de maio. Além disso, de acordo com o App Annie, Free Fire foi o 4º jogo mais baixado do mundo em 2018, combinando Apple App Store e Google Play Store. No ano passado, Free Fire também foi o principal jogo no Brasil, considerando usuários ativos mensais e também o mais lucrativo: estima-se que os usuários gastaram 37 milhões de dólares, ficando na frente de Tinder, Netflix e outros. Os dados são de pesquisa da Sensor Tower.

Clique aqui para ver a lista completa dos 144 times já classificados.