Análise da 1º Temporada da série Eco, disponível na Disney+

0
173

 

Não é novidade para ninguém que o gênero de super heróis está precisando urgente de novidades, principalmente as produções da Marvel, com a sua “fórmula” tão replicada em praticamente todos os filmes. As séries também tem seguido o mesmo caminho, com algumas exceções como Loki que foi brilhante.

 

 

Começamos 2024 com a série Eco que estreia o novo selo da Marvel, chamado Marvel Spotlight, que promete trazer historias mais pé no chão, com um tom mais adulto e com classificação para maiores.

 

Eco continua a historia de Maya Lopez que foi apresentada na série do Gavião Arqueiro em 2021, e conta mais sobre sua origem e sua relação conturbada com Rei do Crime, que é peça chave da série.

eco

 

Eco é uma série muito mais contida em contar a historia de Maya Lopez, que  depois dos eventos da série do Gavião Arqueiro, volta para sua cidade natal onde deixou vários traumas do passado, e acaba levando os problemas de Nova York para a pequena cidade.

 

Nessa jornada ela precisa enfrentar todos seus fantasmas do passado e se encontrar para descobrir qual é seu verdadeiro propósito e se conectar com seus antepassados.

eco

 

Vemos nitidamente um tom totalmente diferença das outras produções da Marvel em Eco, a classificação para maiores realmente fez com que tudo na série fosse muito mais pé no chão, e realista de certo ponto.

 

As lutas são extremamente bem feitas, com planos de câmera muito bem posicionados para dar ênfase a violência, que está muito presente na série, e isso é ótimo.

 

A trilha sonora foi super acertada também. As músicas foram muito bem colocadas em momentos chave da trama, em lutas e momentos de ação e até em alguns momentos de drama.

eco

Ainda falando sobre áudio, como Eco é surda, em vários momentos da série a produção conseguiu passar para o espectador como é ser surdo, certos momentos de ação, todo o som é “mutado” e podemos ouvir apenas a respiração e batimentos cardíacos de Maya.

 

As atuações de grande parte do elenco são muito boas, destaque para Vincent D’Onofrio que interpreta o Rei do Crime, ele simplesmente foi feito para esse papel e entrega uma atuação de arrepiar.

 

Por incrível que pareça, Alaqua Cox que é a nossa peça central da série não entrega uma atuação tão convincente em momentos mais dramáticos, em contra partida ela simplesmente destrói nas cenas de ação.

 

No geral a série abre novos caminhos para Marvel inovar suas produções com selo para maiores.

 

Temos uma breve participação do Demolidor mas nada importante para o MCU. Já a cena pós-créditos tem sim um certo impacto dentro do Universo da Marvel, mas sem spoilers por aqui.

 

A 1º Temporada da série Eco está disponível no streaming da Disney+. Confira o trailer abaixo:

 

 

 

1º Temporada de Eco - Disney+
Nota Final
8/10
8/10
  • Ideia e Roteiro - 7/10
    7/10
  • Fotografia, Figurino e Efeitos Visuais - 8/10
    8/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 10/10
    10/10
  • Adaptação e Atuação - 7/10
    7/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Com tom mais sombrio e violento, Eco pode ser o começo de uma nova era das produções da Marvel.