Scorn nem é tão assustador assim! Confira nossa análise e gameplay!

0
1024

 

Desenvolvido pela Ebb Software e publicado pela Kepler Interactive, Scorn é um jogo de terror em primeira pessoa ambientado em um universo tenebroso de formas estranhas e trama sombria. Aqueles com estômago para o grotesco e macabro podem adquirir o jogo no Xbox Series X|S e PC via Steam, Epic Games Store e GoG, ou diretamente no site oficial. Scorn também está disponível no Xbox Game Pass.

 

 

Graças a Assessoria de Imprensa da Kepler Interactive, podemos jogar Scorn na versão para PC. Esta gameplay pode ser vista ao final deste artigo.

 

Scorn é um jogo de terror em primeira pessoa ambientado em um universo tenebroso de formas estranhas e trama sombria. O design gira em torno do conceito de “ser lançado em um mundo”. Isolado e perdido neste mundo onírico, você vai explorar diferentes regiões interconectadas de maneira não linear. O próprio ambiente perturbador é um personagem.

 

Cada local contém seu próprio tema (história), com quebra-cabeças e personagens que compõem um mundo coeso. Ao longo do jogo, você descobre novas áreas, adquire diferentes habilidades e armas, obtém itens variados e tenta entender as paisagens à sua frente.

 

 

Mundo detalhado e coeso

 

Scorn é ambientado em um mundo aberto, com diferentes regiões interconectadas. Cada região é uma estrutura labiríntica com diversas salas e caminhos para descobrir. Toda a narrativa acontece dentro do jogo, sem cenas de transição para distrair você da realidade aterradora do mundo à sua volta. Mas fique de olhos abertos: o jogo não terá pena de você caso perca algo importante nas suas jornadas inquietantes. Tudo tem um motivo e um propósito, você é quem tem de descobrir qual é.

 

Noção espacial

 

Os jogadores terão uma experiência mais imersiva se estiverem atentos ao corpo e aos movimentos do personagem. A interação com o mundo é realista: você pega os objetos com as mãos (em vez de flutuarem no ar), opera as máquinas e os instrumentos segurando os controles etc.

 

Scorn é ambientado em um mundo aberto, com diferentes regiões interconectadas. Cada região é uma estrutura labiríntica com diversas salas e caminhos para descobrir. Toda a narrativa acontece dentro do jogo, sem cenas de transição para distrair você da realidade aterradora do mundo à sua volta. Mas fique de olhos abertos: o jogo não terá pena de você caso perca algo importante nas suas jornadas inquietantes. Tudo tem um motivo e um propósito, você é quem tem de descobrir qual é.

 

Gestão de inventário e munição

 

Sua carga é definida e limitada. Isso tem um papel decisivo em manter o jogador ainda mais em estado de alerta ao longo do jogo. Será preciso refletir quando vale a pena lutar e quando se esconder, e ainda como as ações afetam o mundo ao redor. Para avançar, será necessário adotar estilos de jogo diferentes.

Na minha experiência com o jogo, Scorn é um game diferente, visualmente ele impressiona, não tem nenhum tipo de assistência no jogo sobre o que você tem que fazer, então você vai descobrindo e indo pela intuição… porém, a única parte que não gostei foram os puzzles, mas há quem adore isso.

 

Não faz o meu estilo de game, porém não é ruim, apenas não recomendo pra quem não curte gastar um longo tempo decifrando enigmas e puzzles.

 

Scorn é um jogo para um público específico, o personagem da história não é um herói, logo no começo você já vê pelo físico dele, e os puzzles você tem que se virar para descobrir, não posso falar dos bichos, porque não cheguei até eles, mas o jogo em si é legal pra quem curte o estilo, o ambiente e a sonoplastia fazem o jogo ser um grande mistério.

 

 

Recomendo para quem gosta de jogos de terror porém na minha experiência não teve muito do tema, mas pode ser que para vocês que estão lendo pode ser bem assustador.

 

Quer saber mais sobre o jogo, assista a gameplay feita pelo Rivotrio Games!

 

 

 

Scorn - PC
Nota Final
8/10
8/10
  • Gráficos - 9/10
    9/10
  • Jogabilidade - 8/10
    8/10
  • História e Diversão - 7/10
    7/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 8/10
    8/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Recomendo para quem gosta de jogos de terror porém na minha experiência não teve muito do tema, mas pode ser que para vocês que estão lendo pode ser bem assustador.