Jogamos God of War no PC e ele está absurdo de bom! Confira nossa análise e gameplay!

0
2240

 

Desenvolvido pela Santa Monica Studio e distribuído pela PlayStation PC LLC God of War chegou a nova plataforma hoje (14) quase quatro anos após o seu lançamento original. Este artigo tem o apoio da Assessoria de Imprensa da PlayStation, que nos forneceu uma cópia para a nosso review. Faz mais de quatro anos desde o explosivo lançamento em 2018, faturando, inclusive, o prêmio de jogo do ano no The Game Awards, o “Oscar dos videogames”. O sucesso foi enorme, chegando a quase 20 milhões de cópias vendidas, apenas no console, e os pedidos de um port para uma versão para computadores cresceu consideravelmente, sendo, enfim atendido pela Sony e pela Santa Mônica Studio.

 

Mais do que a nova história de Kratos, God of War nos conta a história de Atreus, o filho do Deus da Guerra. E é por essa jornada intimista e cheia de desafios que partimos por uma Midgard perigosa, repleta de regiões para explorar. Isso porque não se trata mais de uma jornada solitária em busca de vingança, como a franquia ficou marcada até ali. Atreus é uma criança, ainda se conhecendo, cheia de emoções e vontades. Kratos, mais experiente, precisa ter calma para ensinar os perigos do mundo real (e nós sabemos que calma é algo que ele não tem). Trata-se de uma relação complicada, mas muito bem explorada ao longo das mais de 20hs necessárias para terminar a narrativa principal, e quase 50hs para finalizar 100% do jogo. Ao levar Kratos para a mitologia nórdica, os desenvolvedores de God of War precisaram, também, alterar detalhes importantes da gameplay. Com a inclusão de Atreus, os jogadores agora passam a utilizar o personagem para acessar áreas antes inacessíveis, em Quick Time Events, na solução de puzzles, para encontrar e abrir baús e até mesmo no combate, depois de algum tempo de jogo. Ele passa longe de ser um fardo para Kratos.

 

 

Além disso, a forma de se evoluir Kratos também é diferente. Até então, os jogadores obtinham orbes de sangue, e distribuíam pontos de habilidade na característica desejada. Agora, com muitos elementos de RPG, é possível personalizar suas armas, a armadura, além de utilizar runas mágicas, um elemento que faz parte da mitologia nórdica, para auxiliar no combate. A jogabilidade do game em sua versão da Steam para PC é muito dinâmica se comparada ao controle, um dos pontos principais para quem gosta de jogar com o teclado e mouse, a mobilidade de mira que o mouse proporciona para o machado de Kratos é maravilhoso e muito divertido, dando a possibilidade de combos e arremessos de machados a inimigos distantes de forma mais rápida.

Um recurso adicionado também foi o suporte a monitores e telas UltraWide 21:9, a resolução é maior, você consegue acompanhar todos os detalhes sem limitações, além de adicionais como DLSS e Nvidia Reflex que são opções gráficas e mecânicas para tornar o jogo mais leve e continuar um belo visual e sem input lag (o atraso do comando e a ação que o personagem faz dentro do jogo).

 

A cereja no bolo fica para as legendas e a dublagem em PT-BR e a autodetecção da melhor configuração gráfica para diferentes placas de vídeo.

 

Agora vamos para a nossa experiência com o game!

 

Pra quem é fã da franquia e já o acompanha desde o PlayStation 4 e PlayStation 5, sabe o quão sensacional God of War 4 está! E agora esse grande sucesso nostálgico está disponível para a galera do PC! Sim, o jogo que até outrora era exclusivo dos consoles da Sony, hoje finalmente está disponível para desktop.

 

God of War 4 está sensacional e não era de se esperar menos, mas, vamos partir do início, nós o testamos com mouse e teclado e também com controle, e em ambas sua jogabilidade está impecável, agradando assim tanto quem prefere mouse e teclado para jogar, quanto o bom e velho controle.

 

Os gráficos impressionam desde a qualidade média, quanto ao máximo que pode entregar, já o jogo em sua qualidade mais baixa parece meio opaco e sem vida, por isso recomendamos que se puder, jogue em qualidade média/alta. O conteúdo do game faz jus a sua grande história e satisfaz desde os fãs mais fiéis que vem do tempo saudoso do PS2, até mesmo a quem nunca tenha ouvido falar do game.

 

Sua jogabilidade lembra muito aos antigos de sua franquia, porém está muito mais fluido, seja na movimentação, em ataques, esquivas e defesas.

 

O modo história está sensacional, você começa a jogar e não vê as horas passarem, o jogo te instiga a continuar e aflora sua curiosidade do que vem pela frente, os desafios e puzzles não são repetitivos e enjoativos, muito pelo contrário, cada obstáculo te trás um desafio novo, assim como os inimigos que você encontra pelo caminho. O jogo conta também com a assistência do Atreus, o filho de Kratos que o acompanha em sua jornada, recomendo que use e abuse de sua assistência, pois será de grande valia, já que o foco dos inimigos não é em Atreus, mas sim em Kratos, então não terá que se preocupar tanto em proteger o garoto.

 

 

O jogo conta também com melhorias em status do Kratos, do Atreus, e de suas ferramentas de combate, melhorias essas que devem ser compradas com recompensas ganhas em batalhas, ou encontradas em baús escondidos pelo mapa. E falando em mapa, o jogo não se passa em mundo aberto, mas te permite seguir uma vasta gama de caminhos e missões secundárias antes de partir para a principal, garantindo assim mais XP para o personagem seguir com mais força para as próximas batalhas. A trilha sonora do jogo está bem trabalhada e bonita, mas, longe de ser aquela trilha marcante que fica na mente, que vimos nas primeiras versões do game. No mais o jogo está perfeito e vale cada centavo.

 

God of War está disponível para PC, via Steam e Epic Games Store, por R$ 199,90 – um preço alto para um jogo lançado há mais de três anos. Já a versão de PlayStation 4 custa R$ 99,50 na PlayStation Store, mas assinantes PS Plus podem comprá-lo “de graça” no PlayStation 5, através da PS Plus Collection.

 

Quer saber mais sobre o jogo, assista a gameplay feita pelo Rivotril Games!

 

 

God of War - PC
Nota Final
9.6/10
9.6/10
  • Gráficos - 9.5/10
    9.5/10
  • Jogabilidade - 10/10
    10/10
  • História e Diversão - 10/10
    10/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 9/10
    9/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
5 (1 vote)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

O jogo está perfeito e vale cada centavo!