Preview: Tales of Kenzera: ZAU tenta ser uma imitação barata de Prince of Persia The Lost Crown

0
26

 

Tales of Kenzera: ZAU, o jogo de plataforma de ação e aventura da EA Originals e da Surgent Studios, fará parte da celebração que dura vários dias no Steam Next Fest, que começa às 15h (horário de Brasília) de 5 de fevereiro e vai até 12 de fevereiro. Os jogadores e jogadoras que quiserem conferir o jogo com antecedência poderão fazer o download e experimentar a primeira demo, que inclui as duas primeiras seções do jogo, novas habilidades e uma habilidade desbloqueável. Baixamos a demo e testamos o jogo! Confira abaixo nossas primeiras impressões do jogo e uma gameplay!

 

 

Inspirado na jornada pessoal do fundador da Surgent Studios e ator indicado ao BAFTA, Abubakar Salim, que lidou com a perda de seu pai e com o profundo vínculo mútuo entre eles em relação aos videogames, Tales of Kenzera: ZAU celebra o pai de Abubakar por meio de uma emocionante jogabilidade no estilo metroidvania para um jogador ou jogadora, ao mesmo tempo em que mostra como a grandeza vem da resiliência e da experiência de encontrar esperança e coragem após a perda.

 

 

Baixamos a demo e de cara vemos algumas semelhanças do jogo com o novo game da Ubisoft, Prince of Persia: The Lost Crown, não só pela aparência do personagem principal, mas também pelos seus gráficos, perspectiva de câmera e gameplay muito semelhante, especialmente quando utilizamos o sistema de “parkour” dos personagens. Claro que os jogos no estilo metroidvania, costumam ter fatores muito parecidos, mas chega a ser bizarro jogar um e logo em seguida jogar o outro.

 

 

Apesar disso, Tales of Kenzera: ZAU se mostra muito aquém do jogo da Ubisoft, afinal, os gráficos não são tão bem trabalhados, e em momentos de ação contra inimigos, tudo fica meio travado. Além disso, o jogo se mostra repetitivo e não tem puzzles tão divertidos como um bom metroidvania deve ter. Sei que é somente uma demo, mas nem a história se salva, trazendo algo que já vimos em outras produções, como por exemplo fortes inspirações em Pantera Negra, da Marvel.

 

Tales of Kenzera: ZAU tem boas intenções, principalmente por trazer cenários, história e personagens inspirados na África, mas peca com inspirações que “cheiram a cópia” e uma gameplay muito fraca, que não diverte nem um pouco. Enfim, veremos se o jogo fará sucesso quando for lançado no dia 23 de abril no PlayStation 5, Xbox Series X|S, Nintendo Switch e PC via Steam, Epic Games Store e aplicativo EA. Mas enquanto isto não acontece, confere aí a gameplay que fizemos do jogo: