Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça não é o melhor jogo do ano, mas diverte!

0
32

 

A Assessoria de Imprensa da Warner Brasil nos enviou uma chave para que possamos ter acesso ao jogo Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça para PlayStation 5. Obrigado pela confiança no NerdliciousEsquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça está disponível para PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC.

 

Ao final deste artigo você poderá ver a nossa gameplay do jogo e uma visão geral dele no PlayStation 5. Não deixe de conferir!

 

História

 

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça é um jogo de tiro original em terceira pessoa que desafia o gênero, onde os jogadores assumem os papéis de Arlequina, Pistoleiro, Capitão Bumerangue e Tubarão-Rei, que devem unir forças para derrotar os maiores super-heróis do mundo, a Liga da Justiça.

 

 

Ótimos gráficos e cenários bem reproduzidos

 

Em termos estéticos, nossa experiência no PS5 foi mais do que satisfatória, com gráficos incríveis durante a gameplay inteira, sem problemas de quedas de fps e nenhum tipo de travamento. Além disso, as cutscenes estão lindas e em alguns momentos muito “artísticas”, com uso incrível do 3D como nesta cena abaixo, logo no começo do jogo, apresentando o Esquadrão Suicida.

 

 

Além disso, os cenários apresentados no jogo são muito bem feitos e são bem variados, com detalhes muito legais, principalmente quando você consegue observar os prédios, banners e cartazes espalhados na cidade. Além disso, alguns easter eggs estão espalhados pelo mundo aberto de Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça que somente alguns fãs dos quadrinhos da DC conseguem identificar. Porém, o grande problema com relação aos cenários do jogo é a gameplay, que praticamente não deixa o gamer curtir o visual, trazendo ação “indiscriminada”, sem tempo para “apreciar a vista”… falaremos disso mais adiante…

 

Gameplay

 

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça traz consigo quatro personagens bem diferentes uns dos outros, e cada um com características e habilidades distintas. Você pode utilizar desde a agilidade da Arlequina, até a força do Tubarão-Rei, a assertividade do Pistoleiro ou a velocidade do Capitão Bumerangue, independente da escolha, todos tem seus prós e contras e são indicados para diferentes tipos de missões. Isto não quer dizer que agem sozinhos, enquanto você controla um deles, o resto do Esquadrão luta ao seu lado e você poderá alterar o personagem a hora que desejar.

 

 

O jogo tem elementos de RPG, ou seja, conforme vai avançando na história principal ou finaliza missões secundárias, você garante itens para atribuir aos seus personagens e melhorar os níveis deles. Infelizmente isto não é o ponto forte do jogo, deixando o sistema de árvore de melhorias muito confuso e com “recompensas” muito fracas. A gente até usa, mas não vê tantas melhorias assim durante a gameplay. Ao contrário disso, os armamentos que recebemos após fechar algumas missões sim, fazem muita diferença e agradam desde aqueles que gostam de armamentos mais pesados, até aqueles que preferem uma arma mais estratégica.

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça

 

O grande problema ao meu ver da gameplay do jogo é que ela é sempre muito confusa na tela. É tiroteio para todo lado, os inimigos aparecem “do nada” e basta ficar atirando o tempo todo, revezando com algumas habilidades dos personagens até fechar as missões. Acho que podia ter uma cadência mais lenta, mais estratégica e em alguns momentos apenas uma gameplay mais “caótica”. Isto também prejudica aqueles que gostam de conferir os cenários, não deixando tempo de “respiro” para isto. Coitados dos desenvolvedores que fizeram cenários com tantos easter eggs e referências, mas que quase nunca conseguimos observar…

 

Narrativa divertida

 

Aqui vamos falar da grande polêmica de Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça, que é exatamente o seu codinome. O jogo praticamente deu um spoiler do que os personagens farão no jogo e tem gente reclamando? Faça-me o favor né?

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça

 

Sim! A missão do Esquadrão Suicida é matar a Liga da Justiça!

 

Apesar de ser uma história maluca e no começo “mal contada”, aos poucos vamos entendendo ela e nos acostumando com a ideia, afinal, os personagens do jogo são bem carismáticos e sempre jogam um piadinha ou outra, o que deixa tudo muito divertido.

 

A narrativa é muito divertida e vai ganhando corpo e tensão aos poucos… na dose certa!

 

Um jogo do Esquadrão Suicida para quem gosta de Esquadrão Suicida

 

Novamente vamos falar um pouco de narrativa e gameplay aqui, afinal, temos que explicar para quem não gosta de Esquadrão Suicida que este jogo não é para você!

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça

 

Infelizmente Esquadrão Suicida já tem haters há anos! Não é de hoje que os personagens e filmes sofrem com críticas da mídia, levando-o lá pra baixo, como se tudo que saísse desta história fosse ruim. Eu, ao contrário da mídia por aí, sempre curti Esquadrão Suicida, desde os tempos do Coringa Funkeiro (se é que você me entende) e me divirto muito com os roteiros doidos deles.

 

Esquadrão Suicida é um lado da DC para “viajar” nas histórias, com roteiros malucos e personagens que não tem “força” nenhuma e acabam se dando bem apenas por serem malucões sem noção. Se você não entende isso, melhor passar longe deste jogo.

 

O futuro é online!

 

Infelizmente Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça tem pouca história. É possível zerar o jogo com 10 horas se você for direto pra missão principal. Caso faça as missões secundárias e curta mais cada canto deste mundo aberto pode ampliar isto para até 40 horas, mas mesmo assim é pouco para um jogo tão… caro?

 

 

O que ocorre é que os desenvolvedores pensaram em um jogo onde o legal é juntar os amigos e fazer missões cooperativas, portanto, a história principal fica em segundo plano. Acredito que o mais legal de Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça ainda está por vir com as missões de DLC que virão a seguir, novas skins e recompensas.

 

Totalmente em português!

 

Sim! Felizmente o jogo está totalmente em português, desde legendas e menus até a dublagem que ficou incrível e muito divertida! Vale a pena curtir cada fala dos personagens principais e também observar quando estiver dentro dos museus da cidade e ouvir as histórias da Liga da Justiça.

 

É bom ou ruim?

 

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça não é o melhor jogo do ano, mas diverte com uma gameplay despreocupada e que “junta a galera” para uma tarde de muitas risadas.

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça

 

Apesar de uma missão principal curta, a história é interessante, tem todo o bom humor de sempre do Esquadrão Suicida e traz uma jogabilidade acessível à qualquer um, o que vai fazer com que o modo online e as DLCs alcancem bom público por um bom tempo.

 

Se vale a pena, isto só o seu bolso dirá, mas pessoalmente acredito que com as opções de jogos que temos hoje em dia, talvez não seja a melhor escolha no momento pelo seu preço puxado. Esperar uma promoção em alguns meses pode ser uma boa opção.

 

Bom… agora veja nossa gameplay abaixo e não se esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!

 

 

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça - PlayStation 5
Nota Final
9.3/10
9.3/10
  • Gráficos - 10/10
    10/10
  • Jogabilidade - 9/10
    9/10
  • História e Diversão - 10/10
    10/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 8/10
    8/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Esquadrão Suicida: Mate a Liga da Justiça não é o melhor jogo do ano, mas diverte com uma gameplay despreocupada e que “junta a galera” para uma tarde de muitas risadas.