Análise da 11º temporada de The Walking Dead. O final chatinho de uma série que se estendeu demais!

0
96

 

Finalmente, após várias temporadas bem “mais ou menos”, onde o público sempre se perguntava quando terminaria The Walking Dead, eis que realmente a série se despede com um final bem chatinho e tentando convencer o público de que os spin-offs que virão por aí vão ser legais. A 11º e última temporada de The Walking Dead já está toda disponível na plataforma de streaming Star+.

 

Antes de começar a leitura deste artigo, preciso informar que vamos falar sobre tudo (ou quase tudo) o que aconteceu neste final da 11º e última temporada de The Walking Dead, portanto, se não gosta de ver spoilers, é melhor parar de ler por aqui.

 

The Walking Dead ficou entre minhas séries favoritas por várias temporadas, porém, após a 7º temporada começaram a enrolar muito nela. O que era pra ser uma série de zumbis se tornou mais uma intriga entre vizinhos e relacionamentos interpessoais, deixando as batalhas contra hordas de mortos-vivos de lado. Justamente estas cenas de ação épicas ficaram para trás! Claro que o arco do Negan, e a perfeição da atuação de Jeffrey Dean Morgan deixando o público morrendo de raiva dela, deram uma levantada na série que estava pra morrer, mas ficou somente nisso.

 

A série foi morrendo aos poucos e após o anúncio de que ela seria encerrada na 11º temporada e com um final surpreendentemente muito bom da 10º temporada (veja nossa análise clicando aqui), esperávamos um final épico, digno dos tempos áureos de The Walking Dead, mas o que se viu foi mais uma temporada boba, lotada de episódios (24 no total), com cenas de ação fraquíssimas e com um “quase pedido”, “quase imploração”, de que o público assista as próximas séries que serão spin-offs de The Walking Dead.

 

O final de The Walking Dead deixou a desejar não só pelo roteiro fraco, mas por não explicar em fim, definitivamente o que aconteceu com o mundo e se o vírus zumbi foi realmente algo criado em laboratório, uma guerra biológica ou algo vindo da natureza. Também escolheram por não ter um final feliz, onde mostra toda a humanidade vencendo este vírus e as coisas enfim voltando ao normal, pelo contrário, preferiram deixar em aberto (talvez voltem pra uma continuação no futuro?), e focar na “abertura” para novas séries, com a que focará no que aconteceu com Rick e Michonne após abandonar o grupo e na produção que mostrará o que acontecerá com Daryl, que no final desta temporada deixou o grupo para buscar justamente Rick e Michonne pelo mundo. Ao que tudo indica, Daryl viverá tantas aventuras que parará na França… isso mesmo! Mas como? Não sabemos… enfim… não sabemos…

 

The Walking Dead é mais um exemplo de série que se estendeu demais e entregou de menos, deixando até os mais apaixonados pela produção (eu mesmo!) sem tesão para ver novos episódios e só assistindo para ter assunto no outro dia. Quisera toda série terminasse no momento certo, tal qual Breaking Bad ou Better Call Saul.

 

Enfim… todas as temporadas, inclusive a 11º e última de The Walking Dead estão disponíveis na plataforma de streaming Star+. Confira o trailer desta última temporada abaixo:

 

 

11º Temporada de The Walking Dead - Star+
Nota Final
7.9/10
7.9/10
  • Ideia e Roteiro - 7/10
    7/10
  • Fotografia, Figurino e Efeitos Visuais - 7.5/10
    7.5/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 8.5/10
    8.5/10
  • Adaptação e Atuação - 8.5/10
    8.5/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Um final bem chatinho e tentando convencer o público de que os spin-offs que virão por aí vão ser legais.