Análise de Eternos, novo filme da Marvel, disponível nos cinemas

0
49

 

Estreou nos cinemas, no dia 4 de novembro, Eternos, novo filme da Marvel Studios, trazendo uma nova equipe e um novo arco do Universo Cinematográfico da Marvel. A história épica, que abrange milhares de anos, apresenta um grupo de heróis imortais forçados a sair das sombras para se reunir contra os inimigos mais antigos da humanidade, os Deviantes.

 

O elenco inclui Richard Madden como o todo-poderoso Ikaris, Gemma Chan como o amante da humanidade Sersi, Kumail Nanjiani como o poderoso-cósmico Kingo, Lauren Ridloff como a super-rápida Makkari, Brian Tyree Henry como o inventor inteligente Phastos, Salma Hayek como a sábio e espiritual líder Ajak, Lia McHugh como a eterna jovem de velha alma Sprite, Don Lee como o poderoso Gilgamesh, Barry Keoghan como o indiferente e solitário Druig e Angelina Jolie como a feroz guerreira Thena. Kit Harington interpreta Dane Whitman. Clique aqui para conferir o post que fizemos sobre cada um dos novos personagens do filme Eternos!

 

Apesar da grande ansiedade que estávamos para voltar à ir aos cinemas e especialmente de assistir ao filme Eternos, nossa equipe decidiu esperar alguns dias para ir conferir o longa. Assistimos no último dia 9 de novembro, em uma sala mais vazia e já posso adiantar que gostamos do que vimos.

 

 

Como falado anteriormente, Eternos conta uma história mais longa que os dos heróis de Vingadores. Nele, um grupo de heróis imortais é enviado para a Terra à milhares de anos para combater seres conhecidos como Deviantes, que buscam destruir a humanidade. Os Eternos, cada um com seu poder, combatem estes seres e após vários e vários anos acreditam que estes seres foram eliminados e por volta dos século XV decidem ir cada um para um local da Terra viver como seres humanos normais.

 

Eternos se passa após cinco anos dos acontecimentos de Vingadores: Ultimato, e quando se pensava que Thanos teria sido o pior pesadelo dos humanos e dos heróis da Marvel, eis que os Deviantes ressurgem e começam a atacar. O primeiro ataque é em Londres, onde Sersi, interpretada pela atriz Gemma Chan, e que trabalha no Museu de História Natural, é obrigada a defender o namorado Dane Whitman (Kit Harington) junto com a Duende (Lia McHugh). Após isto, e por descobrirem que os Deviantes não estavam mortos, Sersi e Duende decidem juntar os Eternos para elaborar um novo planos para combater os inimigos, porém, à princípio, eles já não concordam como antes…

 

 

O filme tem aproximadamente duas horas e meia de muitas reviravoltas e uma história muito bem elaborada, com personagens complexos e um filme cheio de referências. Aliás, estas referências são uma parte que se destacam no longa. Podemos ver referências à vários acontecimentos do antigo arco da MCU (ou UCM, como queira), onde os Eternos falam sobre a morte do Homem de Ferro e Capitão América, além de pensar que seria legal se Ikaris (Ricard Madden) fosse o novo líder dos Vingadores. Além disso, vemos referência até a heróis da DC Comics, como Batman (mais na verdade o Alfred do que o Batman) e ao Superman, quando o filho de Phastos (Brian Tyree Henry) confunde Ikaris com o herói da Liga da Justiça. E para fechar estas referências com chave de ouro, temos também um momento onde Ikaris e Sersi fingem estar lendo um livro de Star Wars na casa de Phastos. Esta referência à Star Wars pode ser uma “puxação de saco” da diretora Chloé Zhao, pois ela está cotada para dirigir um novo filme da saga… será que depois disso ela consegue o cargo?

 

O bom de ter assistido ao filme dias após a estreia é poder ver críticas de outros sites especializados e posteriormente ter nossas próprias opiniões. Li muito site criticando o filme e dizendo que ele não tem ação, que é chato e monótono, mas gente! Vocês queriam o quê? Um novo Vingadores: Ultimato? Eternos é uma nova “saga” da Marvel, trazendo novos personagens e um novo arco que pode ser bem maior que o de Thanos dentro da MCU. Este foi o primeiro filme, com personagens não muito conhecidos do grande público e que portanto devem ser apresentados e explicados para nós. Acredito que a Marvel fez isto de forma magistral (e nem sou um fã de Marvel viu?!) e colocou o público a par desta que deve ser um nova grande história para os fãs de super heróis.

 

Gostamos bastante do filme de uma forma geral, especialmente da história, por suas reviravoltas, referências e do bom humor (personagens bem engraçados) que nunca podem faltar em produções da Marvel.

 

 

Talvez uma crítica que eu possa fazer ao filme é a fotografia (e claro que não sou especialista nisso, mas…). Achei que Eternos mescla momentos de muita escuridão, onde não se pode ver quase nada com cenas de luz extrema, que quase cegam o espectador, e isso é quase 70% do filme! Podia ter um meio termo aí não é mesmo?

 

De qualquer forma, o filme é muito bom e traz um promissor novo momento da Marvel. Valeu cada centavo assistir Eternos!

 

O filme Eternos já está disponível nos cinemas brasileiros. Confira o trailer abaixo:

 

Eternos
Nota Final
8.9/10
8.9/10
  • Ideia e Roteiro - 10/10
    10/10
  • Fotografia, Figurino e Efeitos Visuais - 7.5/10
    7.5/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 8.5/10
    8.5/10
  • Adaptação e Atuação - 9.5/10
    9.5/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Valeu cada centavo!