Um jogo que provoca pesadelos, analisei o sombrio Source of Madness

0
221

 

Antes de começar esta análise, quero dar um aviso as pessoas que tem problemas com jogos macabros, não jogue Source of Madness, pois tive pesadelos durante algumas noites e fora que os sons das vozes no jogo demoram um pouco para saírem da mente. Pois para quem é sensível com isso, durante o jogo vai ter a sensação que está no limbo ou no inferno.

 

 

Vamos lá caro(a) leitor(a) imagine um jogo macabro, que o som é perturbador, onde o cenário te deixa apreensivo e desperta um certo medo. Seja bem-vindo a gameplay de Source of Madness.

 

Source of Madness inicia com uma breve narração da história do jogo e quais os objetivos. O jogador assume o papel de um acólito recém-iniciado da torre do conhecimento (uma breve explicação: Acólito é um assistente ou seguidor que ajuda o celebrante em um serviço religioso ou procissão. Em muitas denominações cristãs, eles auxiliam os ministros ordenados nas ações litúrgicas, sobretudo na celebração da Santa Missa. Mas no jogo o Acólito da torre do conhecimento, não tem nada com o sentido religioso).

 

 

A Torre do conhecimento é um local que os seres humanos vão para se proteger das bestas que atualmente infestam as terras de Loam, pois o mundo não entrou na era da iluminação. Onde a magia e os monstros de Lovecraft existem ou permitem que você exista. O mundo é dirigido e controlado por entidades cósmicas, onde a raça humana permanece em tentativas tolas de sobreviver por mais um nascer do sol.

 

Ao iniciar a gameplay, terá um breve tutorial ensinado os comandos, para assim não ficar perdido durante os sons perturbadores do jogo. Após isso o jogo começa a narrativa e aí o coração começa a gelar, a mente a pensar em coisas ruins e o medo aumentar do que pode acontecer. Pois a cada pessoa que o jogar conversa dentro da Torre do Conhecimento, mais perturbador verá que o jogo será.

 

Antes de sair da Torre, terá que passar pela parte do subsolo, aí que as coisas começam a ficar mais macabras, pois aparece os primeiros monstros, que a aparência não impressiona muito, mas os sons emitidos pela besta e da batalha, isso sim é macabro, pois dá a sensação que está indo na alma do jogador (nem quando joguei Resident Evil no PS1, tive tanto cagaço, quanto tive jogando Source of Madness, deve ser por isso que tive pesadelos por algumas noites).

 

 

Após derrotar estas primeiras bestas, o jogador consegue voltar a parte superior da torre e encontra um anel de poder, isso vai ajudar durante o combate contra as bestas. Após colher uns itens de cura, vamos para a porta principal da Torre, pois é a saída para o mundo exterior e ir para uma das florestas traiçoeiras.

 

Bom caro(a) leitor(a), agora que o medo do jogador aumenta, pois já não tem mais as vozes que parecem agonizar e sim um som de natureza, pois sabemos quanto mais calmo o local, mais macabro ele se torna. Assim que comecei a explorar a floresta, dou de cara com várias bestas bem mais forte e maiores do enfrentei na torre e a cada grito das bestas, mas vai sentido um gelo na espinha que parece que vem do fundo da sua alma.

Confesso que joguei mais um pouco, mas logo em seguida eu parei, pois, os sons do jogo estavam acabando com minha mente e cada minuto que passava na gameplay, parecia que eu estava entrando naquele mundo macabro e sombrio.

Confira a gameplay realizada pelo canal Com Noção do jogo Source of Madness abaixo:

 

 

Source of Madness
Nota Final
9.6/10
9.6/10
  • Gráficos - 10/10
    10/10
  • Jogabilidade - 9.5/10
    9.5/10
  • História e Diversão - 10/10
    10/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 9/10
    9/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Source of Madness não é recomendado as pessoas sensíveis ao terror. Um ótimo jogo com uma excelente jogabilidade. Vai proporcionar ao jogador várias horas de gameplay, só cuidado para não se envolver demais com o jogo, pois isso pode mexer com sua mente.

 

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!