Jogamos várias horas de Curse of the Dead Gods e agora vamos dizer se ele é bom ou não!

0
78

 

Recebemos de forma antecipada Curse of The Dead Gods da Assessoria de Imprensa da Focus Home e PassTech Games, desenvolvedores do jogo. O jogo já estava como “antecipado” na Steam, mas o seu lançamento oficial é hoje (23) para PC (via Steam e Epic Games Store), PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

 

A dificuldade do jogo é muito boa e você consegue ficar horas jogando sem nem perceber que o tempo passou…

 

 

História

 

No começo a história não é muito bem explicada, mas aos poucos vamos entendendo. Em Curse of The Dead Gods você controla um guerreiro que entra em um templo antigo e muito escuro e acaba ficando preso lá dentro. A porta se fecha atrás de você e cabe a ti explorar o local para encontrar tesouros, artefatos e quem sabe até mesmo a vida eterna?

 

 

No meio do caminho você encontrará muitos inimigos e deverá derrotar todos eles,  seja usando a força bruta, a inteligência ou até mesmo oferecer sacrifícios aos deuses para ficar mais forte (tipo um Kratos em God of War, manja?!).

 

Jogabilidade

 

O jogo é um roguelike, ou seja, não fique irritado se morrer muito, pois será algo natural em Curse of The Dead Gods. Os cenários são gerados de forma procedural, transformando cada vez que jogamos numa nova experiência, ou que dificulta na criação de táticas pré-elaboradas.

 

Por sorte, apesar do grande número de inimigos e armadilhas presentes, a cada exploração você pode coletar alguns itens, armas especiais, outros e relíquias, que fazem seu personagem ficar cada vez mais forte para lutar contra o chefão de cada fase.

 

 

O jogo que recebi foi para PlayStation 4 e o controle facilita muito na jogabilidade. Cada botão (quadrado, triângulo, círculo e xis) são um espaço para arma diferente, que pode ser uma espada, uma arma de fogo, uma lança, um arco, etc… Porém, talvez o que você vai mais utilizar é uma simples tocha, que além de servir para ataque (deixando inimigos queimando por um tempo enquanto foge para se regenerar), ela serve para acender braseiros no cenário, necessários para manter o ambiente iluminado para que você possa usar armas mais fortes para derrotar inimigos.

 

Há também como “rolar” para fugir e também como usar o L2 para se defender, mas é algo bem mais complicado do que se parece.

 

Corrupção e Maldição

 

Em Curse of The Dead Gods há um sistema bem interessante. A cada vez que você mata inimigos, utiliza de itens e ou oferece sacrifícios, seu nível de corrupção aumenta. Quando seu personagem chega ao nível máximo de corrupção você é amaldiçoado e há 5 delas. Cada nível de maldição pode te atingir de formas distintas como por exemplo impedir você de pegar moedas ou diminuir sua barra de vida.

Gráficos e Bugs

 

O jogo tem um visual muito bonito e vai te impressionar do começo ao fim. Cada item, cada inimigo e cada fase são bem elaborados e conseguem fazer o jogador imergir num mundo caótico e cheio de armadilhas.

 

O visual é limpo e o uso de luminosidade diferentes com salas com sombras, outras com braseiros iluminando e outras bem escuras (algumas até em preto e branco) se destacam um jogo que realmente é bem feito.

 

Bugs? De jogabilidade não encontrei nenhum ainda, porém, uma legenda ou outra em português às vezes não é bem traduzida, mas nada que não dê pra entender.

 

É bom ou ruim?

 

Apesar do problema das legendas em português e do começo meio confuso quando não explicam bem os motivos do personagem principal ou como se usam alguns itens, Curse of The Dead Gods é um jogo altamente recomendável para amantes de roguelikes.

Ele é viciante e mesmo a gente morrendo inúmeras vezes, não sentimos vontade de desistir.

 

Na Steam o jogo curta R$ 69,90, ou seja, um jogo barato para tudo o que oferece, principalmente numa época onde os jogos estão cada vez mais caros.

 

Vale (e muito!) a pena e recomendo!

 

Bom… agora veja nossa gameplay abaixo e não se esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!

 

 

Curse of The Dead Gods já está disponível a partir de hoje (23) para PC (via Steam e Epic Games Store), PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Curse of The Dead Gods
Nota Final
8.6/10
8.6/10
  • Gráficos - 9/10
    9/10
  • Jogabilidade - 9/10
    9/10
  • História e Diversão - 8.5/10
    8.5/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 8/10
    8/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Curse of the Dead Gods é um roguelike que vai te viciar, com certeza!