Desenhista do Jaspion e Combo Rangers faz ilustração em prótese para atleta paralímpico

0
120

 

O medalhista paralímpico Daniel Dias recebeu um incentivo mais que especial da Ottobock, indústria alemã líder em próteses e órteses de alta tecnologia. Como fornecedora da prótese do atleta, a empresa fez uma parceria com o artista e ilustrador Michel Borges para entregar uma nova prótese temática das Paralimpíadas de 2020. Daniel Dias é o maior medalhista da história das Paralimpíadas com sua coleção de 24 de medalhas conquistadas entre os Jogos de Pequim (2008), Londres (2012) e Rio de Janeiro (2016), sendo 14 de ouro, 7 de prata e 3 de bronze.

 

Ilustrador Michel Borges , Daniel Dias e técnico da ottobock, Emerson Bovo

 

Ele é um dos principais atletas cotados para representar o Brasil nas próximas Paralimpíadas que acontecem de 25 de agosto a 6 de setembro de 2020, em Tokyo.

 

Como o país que sediará o evento esportivo é o Japão, Daniel Dias terá em seu novo encaixe uma ilustração que remete à cultura japonesa, com sua caricatura em mangá e a famosa “Grande Onda de Kanagawa”.

 

O atleta Daniel Dias feliz com o presente

 

“Quer mais apoio para as Paralimpíadas de Tóquio do que esse? Já estou mais do que no clima! Parabéns ao artista Michel Borges pelo lindo desenho, adorei a minha versão mangá, fiquei bonito e jovem, rs ”, comentou Daniel Dias.

 

Conheça Michel Borges

 

Michel Borges nasceu em 1982, na cidade de Santo André, SP. Começou a carreira como colorista da revista Combo Rangers, e desde então, tem atuado como ilustrador, colorista e autor independente. Atualmente está realizando o projeto Jaspion em Mangá da Editora JBC. Ilustrou as obras Anarriê, publicado em 2010 pela HQ Maniacs Editora, por incentivo da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. Para a Editora Nerd Books realizou o trabalho Branca dos Mortos e os Sete Zumbis, que fora relançado pela Globo Livros.

 

Mangá do Jaspion

O Fantástico Jaspion, um dos maiores heróis japoneses de todos os tempos, está de volta em uma aventura inédita em mangá produzida inteiramente no Brasil. Tudo graças a uma parceria inédita entre a Editora JBC, a Toei Company e a Sato Co.

 

Para essa empreitada comandada pelos editores da JBC Marcelo Del Greco e Cassius Medauar e com produção executiva de Edi Carlos Rodrigues, foram convidados os premiados quadrinistas Fábio Yabu (roteiro) e Michel Borges (arte), autores da trilogia Combo Rangers, também publicada pela JBC. O mangá do Fantástico Jaspion já está em produção e a previsão de lançamento é para 2019. Jaspion é a primeira obra desenvolvida exclusivamente para o Henshin Universe, selo destinado para a produção nacional de mangás originais da Editora JBC.

Para que todos possam acompanhar todos os detalhes dessa iniciativa inédita no Brasil, o canal Made in Japan no YouTube irá lançar o Henshin Universe, programa semanal que mostrará os bastidores da produção do mangá até o seu lançamento. Ao longo dos episódios, Marcelo Del Greco e Edi Carlos Rodrigues ainda irão esmiuçar todo o universo de Jaspion e das séries Tokusatsu – com direito a muitos convidados especiais, curiosidades e informação.

 

Sobre a Editora JBC

 

A JBC é uma editora fruto e reflexo da união entre duas culturas. É a única do setor no Brasil a se dedicar exclusivamente à difusão da cultura japonesa através de seus produtos. A editora imprime uma média de 12 a 15 novos mangás por mês, o que significa um novo mangá a cada dois dias. Por ano, são publicadas em média 180 edições, com tiragens que variam de 15 a 40 mil exemplares. A JBC tem ainda o maior portfólio de livros sobre a culinária japonesa em português, com mais de 50 títulos. Estamos chegando aos 23 anos de história, o que ajuda a construir o nosso papel de provedora de conteúdo, informação e tendências do Japão no Brasil.