Análise de Pokémon: Detetive Pikachu

0
41

 

Estivemos hoje no Cinépolis assistindo ao filme Pokémon: Detetive Pikachu em formato 4D (que vamos detalhar nesta análise também se vale a pena ou não) e agora vamos mostrar aqui nossa visão do longa baseado no game de mesmo título para Nintendo 3DS.

 

 

Lembrando que este artigo pode contar alguns spoilers (pouca coisa para que você não perca a emoção do filme, garanto!), portanto, só continue a ler se estiver certo disto. Depois não vem nas minhas redes sociais ficar de mimimi ok?!

 

Como falamos anteriormente, o filme tem inspiração no jogo Detetive Pikachu para Nintendo 3DS, lançado em 2016. No jogo, Pikachu também é um pokémon detetive que se encontra com Tim Goodman e resolve mistérios. No filme não é diferente. Após um trágico acidente com seu pai, Tim Goodman (Justice Smith) volta a Ryme City para se despedir e acaba encontrando o pequeno Pikachu falante que estava investigando o tal acidente. Aqui vale também uma descrição de Ryme City, que é uma cidade onde pokémons e humanos vivem em plena harmonia. Cada humano tem um pokémon companheiro e eles vivem juntos, trabalham juntos, etc…

 

Voltando a história central do filme, após um susto bem grande, Tim acaba aceitando o convite de Pikachu para investigar a morte de seu pai. No meio do caminho encontram a blogueira Lucy Stevens (Kathryn Newton), que também queria investigar o acidente e as motivações do pai de Tim.

 

 

O filme leva o espectador neste momento a uma viagem no tempo, mostrando alguns dos primeiros pokémons, referências aos filmes, animes e games antigos e até um Pikachu cantando que ficou bem engraçado.

 

É então que Mewtwo aparece na história, igual ao filme do começo dos anos 2000, e esta referência é deixada bem clara no filme.

 

O enredo do filme é muito bem elaborado, com referências (como já falei várias vezes aqui), momentos engraçados, de ação, momentos dramáticos e que fazem você se sentir triste. Com uma reviravolta totalmente inesperada o filme termina de forma surpreendente.

 

Ao final, temos uma participação super especial (este vou deixar vocês descobrirem) e que faz o filme fechar com chave de ouro.

 

 

Lembram no começo deste artigo quando falei que assisti no formato 4D? Pra quem não sabe, este formato utiliza além dos óculos 3D comuns, uma cadeira especial que se move e faz outros efeitos físicos em sincronia com o filme, levando o espectador a uma experiência única.

 

Já vimos bastante filmes neste formato e gostamos muito (especialmente os da franquia Star Wars), porém, o filme Pokémon: Detetive Pikachu talvez não tenha muito o que mostrar para uma sala 4D, especialmente se você já tem experiência com a tecnologia. Agora se você nunca assistiu a um filme neste formato, vale a pena ver, você vai se divertir muito!

 

Enfim… O filme Pokémon: Detetive Pikachu é um ótimo filme tanto para crianças que estão aprendendo sobre a franquia, quanto para nós adultos que crescemos jogando e assistindo Pokémon. Vale muito a pena ir ao cinema assistir!

 

Trailer

 

O filme Detetive Pikachu estreou nos cinemas do Brasil no dia 9 de maio. Confira o trailer abaixo: