Crunchyroll anuncia data de estreia de Dragon Ball Super: Super-Herói no Brasil

0
24

 

A Crunchyroll e a Toei Animation revelam detalhes adicionais sobre o lançamento internacional de Dragon Ball Super: SUPER-HERÓI, o mais novo filme da popular e consagrada franquia de anime Dragon Ball. A obra será disponibilizada em japonês, com legendas em português, e também contará com a versão dublada no idioma.

 

 

Dragon Ball Super: SUPER-HERÓI, segundo filme da franquia Dragon Ball Super, entrará em cartaz em todos os continentes. No Brasil, o filme chega aos cinemas no dia 18 de agosto.

 

Este é o primeiro lançamento cinematográfico da Crunchyroll em escala global. Na América Latina, o filme será distribuído pela Crunchyroll e Sony Pictures Entertainment.

 

 

Sinopse oficial de Dragon Ball Super: SUPER-HERÓI

 

O exército Red Ribbon havia sido destruído por Son Goku… Mas certos indivíduos decidiram levar adiante sua missão e criaram os androides supremos: Gamma 1 e Gamma 2. Estes dois androides – que se intitulam “super-heróis” – decidem atacar Piccolo e Gohan! Qual será o objetivo do Novo Exército Red Ribbon? Quando o perigo é iminente, é então que desperta o Super-Herói!

 

 

O filme conta com total comprometimento e envolvimento de Akira Toriyama, criador original de Dragon Ball. Toriyama está por trás do enredo original, roteiro e design dos personagens.

 

Dragon Ball Super: SUPER-HERÓI tem direção de Tetsuro Kodama e elenco de voz japonês formado, entre outros, por Masako Nozawa (Son Goku, Son Gohan e Son Goten), Toshio Furukawa (Piccolo), Aya Hisakawa (Bulma), Ryō Horikawa (Vegeta), Mayumi Tanaka (Krillin), Takeshi Kusao (Trunks), Yūko Minaguchi (Videl), Yūko Minaguchi (Pan), Miyu Irino (Dr. Hedo), Hiroshi Kamiya (Gamma 1), Mamoru Miyano (Gamma 2), Volcano Ota (Magenta) e Ryota Takeuchi (Carmine).

 

O fenômeno Dragon Ball teve início em 1984, quando o conhecido mangá japonês de autoria de Akira Toriyama fez sua estreia na revista Weekly Shonen Jump, editada pela Shueisha, e tornou-se um de seus principais títulos em dez anos e meio de publicação. Desde então, a popularidade do mangá só aumentou, resultando no impressionante recorde de 260 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. A crescente notoriedade levou Dragon Ball para muito além do mangá, com o desenvolvimento de animação para a TV, filmes, games e produtos de consumo. Hoje, 38 anos após o lançamento do mangá original, Dragon Ball continua em evolução e promete chegar a um novo patamar com a estreia em larga escala desse novo filme.