Análise da Parte 4 da série ‘La Casa de Papel’

0
103

 

Faz uns dez dias que a parte 4 da série ‘La Casa de Papel’ foi lançada na plataforma de streaming da Netflix e provavelmente todo mundo que é fã dela já assistiu. Mas será que continua sendo uma boa série? Tenho minhas dúvidas….

 

Quando ‘La Casa de Papel’ surgiu na plataforma de streaming da Netflix, de cara todo mundo amou. A série era transmitida pelo canal ‘Antena 3’ na Espanha e pelo sucesso local foi adquirida pela Netflix para mostrar ao mundo esta história. Apesar da empresa já forçar dividindo em duas partes a série (como se fossem duas temporadas… o que não é!), o público gostou e muito, e ‘La Casa de Papel’ se tornou uma das maiores audiências da plataforma. Daí em diante, a Netflix resolveu fazer uma “continuação” para a série e começou a estragar tudo…

 

Eu vejo as duas partes iniciais de ‘La Casa de Papel’ como uma obra de Salvador Dalí (pintor espanhol cujo rosto é usado nas máscaras da série). Ninguém vê uma obra de um pintor famoso, reconhecida no mundo todo e pensa: “legal, mas e se eu der mais umas pinceladas por cima? Vamos tentar?!”. E foi isso que a Netflix fez… pegou o que era uma obra prima e resolveu dar umas pinceladas a mais, o que estragou a série…. fora que ela é originalmente uma série espanhola… mas a Netflix insiste em querer se apropriar dela (como se fosse “Original Netflix”) e quer “americanizar” a série, o que a deixa igual a tantas outras de ação que tem por aí…

 

Então tá…. já passamos pela parte 1, pela parte 2, e a Netflix já tinha feito a parte 3 (que eu já tinha odiado), mas ela não parou por aí e fez a parte 4.… o que ela trouxe?

 

De cara, uma das coisas que mais me incomoda em ‘La Casa de Papel’ na versão Netflix, é o exagero nos “flashbacks”. Tudo para forçar uma volta de Berlim na série (nem que seja em lembrança). O personagem Berlim é de longe um dos mais amados da série, e por isso a Netflix fica forçando a aparição dele para agradar os fãs e enrolar o público com estes “flashbacks” que não levam à lugar nenhum. Ah…. e me irrita também as músicas que tentam encaixar na série… parece que esta parte 4 virou uma espécie de “High School Musical”.

 

Também me incomoda ver como os personagens que eram “fodões” viraram uns fracos. Até mesmo o Professor ficou frágil, chorão e em alguns momentos até meio “burro” não se ligando nos esquemas da polícia para enganar ele. O único que continua fiel ao personagem desde o começo da série é o Rio, que continua sendo um chorão mimado chato pra cacete...

 

A parte 4 de ‘La Casa de Papel’ tem oito intermináveis episódios, onde o público se sente enrolado o tempo todo. Os dramas românticos particulares viraram foco principal dos primeiros episódios. Talvez as únicas cenas que fazem a gente se mexer durante a série são as do Arturo, que continua sendo um cara que dá ódio e que já devia ter morrido (mas não morre por que a Netflix quer fazer mais umas 18 temporadas com ele).

 

Só sobraram os piores e mais chatos personagens na série. Berlim, Nairóbi, Moscou e Oslo que eram alguns dos personagens favoritos do público se foram, mas a plataforma mantém gente escrota como Tóquio, Rio e Arturo por lá… vai entender….

 

E você “Netflixminion” pode estar se perguntando se eu só achei coisas para reclamar da série, mas não, até que tiveram alguns momentos legais, mas foram tão poucos que não valeram a pena. Tá… o último episódio é até certo ponto emocionante, e traz uma ação de tirar o fôlego, mas… só no último episódio? Enfim…. acaba logo com esta série Netflix!

 

A parte 4 da série ‘La Casa de Papel’ está disponível na plataforma de streaming da Netflix. Confira o trailer abaixo:

 

 

Parte 4 da série La Casa de Papel - Netflix
Nota Final
7.6/10
7.6/10
  • Ideia e Roteiro - 8/10
    8/10
  • Fotografia, Figurinos e Efeitos Visuais - 8/10
    8/10
  • Áudio e Trilha Sonora - 7/10
    7/10
  • Adaptação e Atuação - 7.5/10
    7.5/10
Sending
VOTAÇÃO POPULAR ➡️
0 (0 votes)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Tá… o último episódio é até certo ponto emocionante, e traz uma ação de tirar o fôlego, mas… só no último episódio? Enfim…. acaba logo com esta série Netflix!